Ir direto para o Conteúdo

Beto Colombo

Artigos

As Três Peneiras

Deixe um comentário
As Três Peneiras

Querido leitor, que você esteja em paz. Em nosso artigo de hoje, vamos beber na fonte da  filosofia, vamos à antiga Grécia e refletir sobre um ensinamento de Sócrates cujo título é: As Três Peneiras de Sócrates. De acordo com esse ensinamento, Sócrates, a quem é atribuída a frase “tudo o que sei é que nada sei daquilo que sei”,  discorre sobre sabedoria e relacionamentos e nestes sugere que sejam colocadas em prática três palavras, que são “verdade, bondade e necessidade”.

Segundo o filósofo Sócrates, antes de levar adiante a alguém uma informação de outra pessoa, devemos passar o conteúdo em três peneiras, que são, como já falamos, verdade, bondade e necessidade.
Na peneira um, “verdade”, devemos considerar o que vamos contar, o que vamos dizer. Enfim, você tem certeza absoluta de que o que está prestes a passar adiante é realmente fato ou é uma fofoca? Se você tem certeza absoluta da veracidade, então a história passou pela primeira peneira, pela peneira da verdade e, portanto, pode ser levada adiante.

Chegamos a segunda peneira, a da “bondade”. Vale ressaltar aqui se o que você quer contar é positivo, vai ajudar alguém, vai contribuir com o engrandecimento de uma pessoa ou de uma organização? Vale refletir: se fosse você o personagem envolvido, você gostaria que falassem de você assim como você está contando? Nesse caso, se a resposta for positiva, até aqui tudo bem, pois ela passou pela segunda peneira, a peneira da bondade.

Mas existem três peneiras. Se passamos pela primeira da “verdade”, pela segunda da “bondade”, chegamos, enfim, na peneira da necessidade. É momento de refletir sobre o que você vai contar, vai ajudar alguém? Vai melhorar o ambiente de trabalho? Vai ajudar a empresa? Esta peneira, provavelmente, seja a mais seletiva das três.

Portanto, só depois de passar pelas três  peneiras, segundo o filósofo Sócrates, é que a sua história poderá seguir adiante, pois sem dúvida, vai melhorar pessoas, ambientes e organizações. Vai fazer a diferença no mundo. Caso ela não tenha passado por algumas dessas peneiras é melhor se recolher, aquietar e não falar nada.

Querido leitor, quanto tempo perdemos extraindo fofocas, seja em nosso cotidiano, seja nas redes sociais, e passamos adiante, sem tomarmos o cuidado de checar a veracidade dos fatos? Talvez, se nos focarmos na verdade, nada mais do que a verdade, na bondade e realmente no que se fizer necessário, teremos uma vida mais leve, relações mais transparentes e um mundo melhor.

É assim como são as peneiras para Sócrates. E você, usa alguma peneira?

Beto Colombo
 

Voltar para Café com Mistura

3 Comentários para "As Três Peneiras"

  • Ana Paula Coral - 18/07/2012

    Beto Colombo se eu já ti admirava.. agora escutando seus artigos fico ainda mais feliz de ter essas oportunidade magnifica de poder entender as coisas da nossa vida.

    Abraço

  • Adauton luiz Deolindo - 11/07/2012

    Muito bem meu caro Beto, este artigo é fantástico se nós mortais peneirássemos estas três palavras em toda a nossa vida, viveríamos bem melhor.
    Obrigado

  • ENIO VICENTE KNEIP - 11/07/2012

    EXCELENTE ARTIGO.

    COMO ESTAMOS CARENTE DA PRÁTICA ALI REFERIDA.

    MUITO OBRIGADO.

    ENIO

Deixe um comentário

Anjo Tintas e Solventes

Beto Colombo ©. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento Burn web.studio
Carregando Dados...