Ir direto para o Conteúdo

Beto Colombo

Artigos

Ouça o audio deste artigo

Decência

Querido leitor, que você esteja bem. 

Há alguns dias, ouvindo uma entrevista com uma deputada federal na Som Maior FM, sobre um projeto para conseguir recursos para um bairro pobre de Criciúma, ela disse uma frase que me fez refletir muito. Ainda ecoa dentro de mim. Suas palavras foram fortes, radicais e fez de seu pré-juízo algo universal. 

A fala dela foi a seguinte: “Ninguém pode ser decente, ter atitudes decentes, em um lugar indecente”, referindo-se aos moradores desse bairro que irá ganhar uma área de lazer. Congratulo-me com a deputada por esta conquista para o bairro em questão, mas preciso falar sobre o equívoco de sua fala. 

Recentemente estive em Israel e tive a oportunidade de ir até o deserto Negev, onde Jesus ia meditar, e andei por onde Ele andou. Lá, se olha para esse deserto e não se vê nada, só um vapor ou poeira subindo. Além disso, Jesus vivia no meio de uma guerra civil, um lugar muito pobre e miserável, leprosos, coxos, gente faminta pedindo esmolas... A Sagrada Escritura descreve bem a situação política, econômica e social da época de Jesus, no entanto, as atitudes dele foram decentes. 

Jesus era decente no meio da raiva, rancor, ódio, fome, doença, morte... 

“Como pode alguém ter atitudes decentes vivendo na indecência?”, afirmava a deputada. “Ora, Ele é filho de Deus e nós não somos deuses”, podia ser a resposta de alguns. Mas não foi só Ele. Maria, Lázaro, João Batista... 

Outro caso é o da Madre Tereza de Calcutá. Ela viveu para servir, pregava o amor ao próximo e vivia em lugares indecentes, com miseráveis, no meio da fome e da doença. E ela era decente. Ao nosso redor e também longe de nós, muitos são os exemplos de pessoas com decência, que escolhem viver para o outro. Você lembra da Dra. Zilda Arns? Sua dedicação às crianças pobres, com o objetivo de salvá-las da desnutrição e diminuir a mortalidade infantil? Esse ambiente era decente? E as atitudes da médica? 

Conheço muitas pessoas que nasceram, cresceram e ainda vivem nos grotões da sociedade, vivem e convivem com o sofrimento, com a pobreza e nem por isso transformaram-se em marginais, apesar de viver a margem da sociedade. Para ter atitudes descentes, talvez não seja necessário viver na fartura somente, isso pode contribuir sobremaneira, mas para ter atitudes descentes é fundamental ter caráter, personalidade, exemplos. É necessário ter uma atitude mental de luz, de vida, não de sombra, não de morte. 

E assim são também várias pessoas anônimas que, com decência, não importa onde vivem e o que buscam, trabalham para um mundo melhor. Talvez a frase da deputada poderia ser "algumas pessoas só conseguem ser decentes se forem criadas em ambientes decentes", mas garanto à vocês que são algumas pessoas, apenas algumas. O que temos visto é que existem pessoas decentes e indecentes em qualquer lugar. 

É assim como o mundo me parece hoje. E você, o que pensa sobre ser decente?
_________________________________________________
Artigo veiculado na Rádio Som Maior FM no dia 18/04/2012 e no Jornal A Tribuna no dia 19/04/2012.

Voltar para Café com Mistura

3 Comentários para "Decência"

  • jorge - 21/04/2012

    jamais devemos julgar, a decencia não está no ambiente e sim na formação, o unico ambiente que transforma pessoas e corrompe a bõa formaçào é plenario .

  • Denise T. Topanotti - 18/04/2012

    Bom dia Beto:
    Sou uma ouvinte e leitora sua diaria e agradeço a você a reservar uma parte do seu precioso tempo e nos passar mensagens tão importantes, que fazem a diferança em nossos dias corridos. Obrigado!

  • Charles Jacinto - 18/04/2012

    Muito legal o artigo de hoje, realmente se todos pensarem prejulgar as pessoas que vivem em lugares violentos ou imundos estaremos fechando as portas da sociedade à essas pessoas, e como você disse: o mundo está cheio de exemplo de pessoas que fizeram e fazem a diferença, mesmo que o ambiente ao seu redor não seja tão propício.
    Att:Charles

Deixe um comentário

Anjo Tintas e Solventes

Beto Colombo ©. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento Burn web.studio
Carregando Dados...