Ir direto para o Conteúdo

Beto Colombo

Artigos

Fábula da Borboleta

Deixe um comentário
Fábula da Borboleta

Querido leitor, aceite o meu fraternal abraço. Um dia, uma pequena abertura apareceu em um casulo. Um homem sentou e observou a borboleta se contorcendo por um bom tempo. De tanto o bichinho se esforçar para passar através de um pequeno buraco, então, pareceu que em um determinado momento havia parado de se mexer. Parecia que ela tinha ido o mais longe que podia e não conseguia ir mais.

Observando todo aquele movimento, o homem, na melhor das intenções, decidiu ajudar a borboleta. Foi quando pegou uma tesoura e cortou o restante do casulo. Depois disso, a borboleta então saiu facilmente.

Contudo, o homem observou que o corpo da borboleta não estava normal, estava murcho, era pequeno e tinha as asas amassadas. Surpreso, o homem continuou ali ao lado observando tudo o que se passava. Aguardava o momento das asas se abrirem, esticarem, para serem capazes de suportar o corpo. Queria vê-la voando logo. Quase que a joga assim mesmo para cima, mas não o fez.

O homem aguardou minutos, horas e nada aconteceu! Na verdade, a borboleta passou o resto da sua existência rastejando com um corpo murcho e as asas encolhidas que nem davam para ser chamadas de asas. Ela nunca voou.

Vale lembrar que o que o homem, em sua gentileza e vontade de ajudar, não sabia era que aquele seria o caminho para a lagarta se transformar em borboleta. Era a transformação, o processo, a jornada que aquele animalzinho tinha para se transformar. Que o casulo apertado e todo aquele esforço eram importantes. Mais, eram necessários e faziam parte da natureza.

Algumas vezes o esforço é justamente o que precisamos em nossas vidas. Imaginemos uma existência morna, sem obstáculos ou desafios, no que nos transformaríamos? Talvez não iríamos ser tão fortes como poderíamos ter sido e o que é pior, passaríamos rastejando sem nunca bater as asas e conhecer a vida lá de cima.

Lembrando que isso é assim para mim hoje.

Beto Colombo

Voltar para Café com Mistura

2 Comentários para "Fábula da Borboleta"

  • Thaís - 13/11/2013

    Eu já conhecia esta fábula , quem é mesmo o autor?bjs caro Beto , saudades

  • italo antonio de lucca - 13/11/2013

    muito obrigado por escrever estas mensagem . sempre tiro um pouco para usar no meu dia a dia.
    agradeço também pelo convite para o lançamento do seu livro dia 26/11.
    desde ja parabens.

Deixe um comentário

Anjo Tintas e Solventes

Beto Colombo ©. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento Burn web.studio
Carregando Dados...