Ir direto para o Conteúdo

Beto Colombo

Artigos

Ganhou R$ 100 milhões, e agora?

Deixe um comentário

Vamos fazer um exercício de ação do pensamento?

Você recebe a notícia que ganhou 100 milhões na mega sena acumulada ou então de uma outra forma. Alguns, de pronto, pensam: Que legal! Todos os problemas financeiros resolvidos por algumas gerações, adeus às preocupações de como ganhar o pão, sustentar a casa, estudos para filhos, netos, viagens ou o que você quiser imaginar. Deixe seu pensamento conduzi-lo por alguns instantes.
Passado o impacto do desnorteamento, vamos agora pensar nas providências e ver se você está disposto a abrir mão de algumas coisas. 

Você está disposto a trocar de cidade, desaparecer, mudar de hábitos como aquele passeio na praça, ir a pé à padaria, tomar aquele café despreocupado na cantina? E as caminhadas do final de tarde, nem pensar, somente com segurança ou em academias muito bem vigiadas.

Por falar em segurança, seus filhos, esposa, esposo, mãe, pai, só podem sair de casa muito bem acompanhados por seguranças e seus automóveis precisam ser blindados. Comportamentos padrões, rotinas nos horários, escolas dos filhos, tudo, tudo precisa ser repensado.

Mudar de casa, indo para um lugar distante com guaritas, guardas, grades altas, cercas elétricas, fossos. De qual lazer você gosta? Dá para continuar praticando aquele esporte com essa quantia no banco? Você sabe como administrar essa fortuna? Em quem você vai confiar? Dá pra atender ligações de parentes? Será que são interesseiros? E os novos amigos, quantos são verdadeiros e quantos se aproximam para tirar vantagens ou outros interesses? Está disposto a radicalizar um 360° no seu scirpt, no seu roteiro, na sua vida?

Alexandre Dumas Filho, no livro A Dama das Camélias, diz: “Não estime o dinheiro nem mais nem menos do que ele vale, é um bom servidor e um péssimo amo”.

Dinheiro não é tudo? Dinheiro não traz felicidade? E tantos outros pré-juízos, ditados populares citados nas rodas de conversas. Quem tem razão?

Para algumas pessoas, dinheiro traz sim a felicidade, para outras pode trazer a desgraça.

Para alguns, dinheiro não é tudo, para outros dinheiro é a razão pelo qual ele se levanta todos os dias.

Martinho da Vila canta desde os anos 60. “Dinheiro, pra que dinheiro, se ela não me dá bola”. Para algumas pessoas, ser notado é ter dinheiro, para outras ser notado é ser intelectual, é ser sábio. Para cada um é de um jeito, não há certo ou errado nisso.

Se a sua busca é ganhar 100 milhões, é importante preparar sua estrutura do pensamento para isso. Você está preparado para receber a notícia de ameaça de sequestro?  Você está preparado para um sequestro de um filho, filha? Você está preparado para a ameaça de assaltos? Você está preparado para acordar com assaltantes dentro de sua casa? Eu sei que é difícil pensar nisso.

Se a sua busca for enriquecer com o seu talento, com o seu suor, você está preparado em suportar críticas que enriqueceu nas custas de jogos?

Se mesmo com tudo isso você ainda quer ganhar os 100 milhões da Mega Sena, vá em frente, estou contigo, só não esqueça de pelo menos apostar com um cartão.

Isso é assim para mim.

Estamos juntos
Beto Colombo
_______________________________________________________________________________________________________________________________________
Artigo publicado no Jornal A Tribuna em 09/09/2010.

Voltar para artigos

1 Comentários para "Ganhou R$ 100 milhões, e agora?"

  • jailson - 09/09/2011

    olá beto eu quero ganhar na mega sena um grande abraço amigo

Deixe um comentário

Anjo Tintas e Solventes

Beto Colombo ©. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento Burn web.studio
Carregando Dados...