Ir direto para o Conteúdo

Beto Colombo

Artigos

Haicai
Querido leitor, que você esteja bem. Hoje vamos falar de Haicai. “Haicai” é uma palavra originária do japonês Haiku, resumindo, é uma forma poética de se expressar de forma simples, concisa, objetiva e direta.

Os poemas têm três linhas, contendo na primeira e na última, cinco caracteres japoneses (totalizando sempre cinco sílabas), e sete caracteres na segunda linha (sete sílabas).

Aprofundando um pouco mais, o haiku é tradicionalmente impresso em uma única linha vertical, enquanto o haicai geralmente aparece em três linhas, em paralelo. Quem escreve o haicai é chamado de Haijin. No Brasil, um dos haijin mais conhecido era o escritor Millôr Fernandes.

Haicai é, portanto, um verso ou então um minúsculo poema, onde tudo o que tem que ser dito deve ser dito com apenas dezessete sílabas. Esta forma de expressão é uma parte do ritual de Seppuku ligado a cultura dos guerreiros samurais. Em seu livro Shogun, Clavell descreve as origens que o regem.

Segundo Clavell, o Haicai é parte do ritual onde o guerreiro escreve um Haicai antes de cometer o suicídio, seu último Haicai. Um exemplo: “Estas pimentas! Acrescentai-lhes asas e serão libélulas...” (Haicai de Bashô). Poucas sílabas que devem representar a essência de uma vida.

Voltemos ao ocidente. E se você fosse desafiado a descrever o que significa ou significou a sua passagem nessa existência, o que você escreveria? Precisam ser palavras essenciais, já que elas vão ser o que restou de uma jornada aqui neste planeta, neste plano.

De forma parecida, porém, sem muitos critérios, nós ocidentais costumamos escrever frases de impacto nos epitáfios, que são as frases nas lápides dos túmulos.

Uma que eu gosto muito é a do poeta californiano, Roberto Frost. Ele escreveu e pediu que gravassem em sua lápide: “Ele teve um caso de amor com a vida”.

Em Porto Alegre, no cemitério São Miguel e Almas, encontramos a sepultura de Mário Quintana. Os fãs que visitam saem sorrindo com a frase: “Eu não estou aqui”. E, realmente, ele não está lá, está sim nas poesias, nas mentes criativas, nas páginas de seus inúmeros livros, ele se imortalizou pelas palavras e ações durante sua existência.

Voltando ao nosso desafio, que é escrever um poema, uma frase, qual é o Haicai que resumirá sua existência? Tem a ver com vida? Quem sabe amor, compaixão? Talvez respeito, caridade, liberdade, fé, esperança, sabedoria, justiça? Enfim, quais palavras essenciais resumirão sua vida até aqui?

Talvez hoje o meu seja: ...Encontrei Deus, e ele me vê pelos olhos dos outros! Lembremos que se não tivermos boas palavras agora,  ainda há tempo para reescrevê-las.

É assim como o mundo me parece hoje. E você, o que pensa sobre haicai?

Beto Colombo
Voltar para Café com Mistura

3 Comentários para "Haicai"

  • Marcelo Vieira dos Santos - 12/03/2014

    Muito interessante deixamos em apenas uma frase, algo que possa expressar toda uma existência.
    Em minha lápide: "Agora estou diante de meu criador"

  • Gladis Sarvalaio - 11/03/2014

    hoje vou pensar qual será meu ultimo Haicai.

  • Narbal Teixeira da Rosa - 28/01/2013

    GOSTEI MUITO DO TEXTO.
    Eu colocaria: " A vida é maravilhosa".

Deixe um comentário

Anjo Tintas e Solventes

Beto Colombo ©. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento Burn web.studio
Carregando Dados...