Ir direto para o Conteúdo

Beto Colombo

Artigos

Me Esqueci de Viver

Deixe um comentário
Me Esqueci de Viver

Querido leitor e querida leitora, paz! Em nosso artigo de hoje vamos refletir sobre uma bonita música gravada inicialmente pelo espanhol Julio Iglesias e regravada no Brasil numa versão assinada por José Augusto. Tanto um quanto outro foram cantores que marcaram a minha geração.

A música “Me Esqueci de Viver” foi muito usada na minha época de grupo de jovens da igreja católica, principalmente nos anos de 1980 e depois, de casais na década seguinte, em 1990. Em 2006 foi uma das músicas que mais cantei no caminho de Santiago. Arrepiado saboreava a sua letra que, provavelmente, funcionou como uma dose de ânimo até chegar à casa do Santo.

Eis as duas primeiras estrofes: “De tanto correr pela vida sem freio, me esqueci que a vida se vive num momento. De tanto querer ser em tudo o primeiro, me esqueci de viver os detalhes pequenos”. “De tanto brincar com os sentimentos, vivendo de aplausos envoltos em sonhos, de tanto gritar as canções ao vento, já não sou o que fui; hoje eu vivo e não sinto”.

O estribilho é simples e nos remete a uma bonita reflexão, repetindo quatro vezes: “Me esqueci de viver”.

Segue a canção: “De tanto cantar ao amor e à vida, eu fiquei sem amor uma noite e um dia. De tanto brincar com que eu mais queria, eu perdi sem querer o melhor que eu tinha”. “De tanto brincar com verdades e mentiras, me enganei sem saber que era eu quem perdia. De tanto esperar, eu que não oferecia, hoje eu fico a chorar... Eu, que sempre sorria”.

E retorna o estribilho: “Me esqueci de viver”.

Formada por seis versos de quatro linhas cada um, a música “Me esqueci de viver” fala em seu penúltimo: “De tanto correr pra roubar tempo ao tempo, querendo ganhar dias e noites um sonho... De tantos fracassos, de tantos intentos, por querer descobrir cada dia algo novo”...

E finaliza a canção: “De tanto brincar com os sentimentos, vivendo de aplausos envoltos em sonhos, de tanto gritar as canções ao vento, já não sou o que fui; hoje eu vivo e não sinto”. E finaliza repetindo quatro vezes: “Me esqueci de viver”.

É assim como a música nos é cantada. E você, como tem levado sua vida, tem vivido ou esquecido de viver?

Beto Colombo

Voltar para Café com Mistura

1 Comentários para "Me Esqueci de Viver"

  • Jô Lopes - 11/10/2012

    Boa tarde,querido Beto !
    Beto,penso que apesar de tantos Papeis Existenciais que vivi e ainda vivo,procuro estabelecer um pouco de tempo para a minha vida junto com meus filhos,com o meu marido,com a minha família,com os meus amigos e colegas de trabalho e de lazer.E ainda uso um pouco desse tempo para cuidar da minha vida:física,mental,espirutal,individual e social.Assim,tenho vivido participando um pouco de tudo que a vida me proporciona...

Deixe um comentário

Anjo Tintas e Solventes

Beto Colombo ©. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento Burn web.studio
Carregando Dados...