Ir direto para o Conteúdo

Beto Colombo

Artigos

Ouça o audio deste artigo

MPB
Querido leitor, que você esteja bem. Em dezembro de 2007, Julinho Marassi e Gutemberg nos brindaram com uma música cuja letra, de autoria de Julinho Marassi merece ser destacada, exaltada, enfim, merece nosso aplauso. Pelo menos eu penso assim. Tanto é que decidi fazer um comentário só em cima desta música cujo título é “Aos meus Heróis”.

De acordo com as palavras dos próprios autores, a música Aos meus Heróis “foi feita por saudade, saudade da MPB, saudade de escutar todos estes artistas maravilhosos que fazem parte da minha juventude, do meu começo, da minha carreira”. Vale a pena prestar atenção na letra que começa assim nas suas duas primeiras estrofes: 

Faz muito tempo que eu não escrevo nada, Será que foi porque a TV ficou ligada? Me esqueci que devo achar uma saída, E usar palavras pra mudar a sua vida”.  
Quero fazer uma canção mais delicada, Sem criticar, sem agredir, sem dar pancada, Mas não consigo concordar com esse sistema, E quero abrir sua cabeça pro meu tema”. 

Num total de 13 estrofes, sempre com quatro linhas ácidas e críticas, os autores se posicionam sobre o que escutam em boa parte das ditas músicas da atualidade. 

Que fique claro, a juventude não tem culpa. É o eletronic fundindo a sua cuca. Eu também gosto de dançar o pancadão, Mas é saudável te dar outra opção”. 
Os meus heróis estão calados nessa hora, Pois já fizeram e escreveram a sua história. Devagarinho vou achando meu espaço E não me esqueço das riquezas do passado”. 

A partir da quinta estrofe, Julinho Marassi e Gutemberg começam a desfilar nomes da música popular brasileira que é um verdadeiro tributo ao bom gosto, à música de conteúdo. 

Eu quero a benção de Vinícius de Morais, O Belchior cantando como nossos pais, E se eu quiser falar com o Gil sobre o Flamengo, O que será? que o nosso Chico tá escrevendo”. 
Aquelas rosas já não falam de Cartola, E do Cazuza te pegando na escola. Tô com saudades de Jobim com seu piano, Do Fábio Jr. Com seus 20 e poucos anos”. 

Simplesmente maravilhosa esta música, esta letra. Atual e profunda. E ela continua: 

Se o Renato teve seu tempo perdido, O Rei Roberto outra vez o mais querido. A agonia do Oswaldo Montenegro, Ao ver que a porta já não tem mais nem segredos”. 
Ter tido a sorte de escutar o Taiguara, E Madalena de Ivan Lins, beleza rara. Ver a morena tropicana do Alceu, Marisa Monte me dizendo beija eu”. 

As homenagens aos grandes nomes da MPB não param por aí. Os autores bela letra intitulado “Aos meus Heróis”, ainda têm mais nome para desfilar: 

O Zé Rodrix em sua casa no campo, Levou Geraldo pra cantar num dia branco. No chão de giz do Zé Ramalho eu escrevi, Eu vi Lulu, Benjor, Tim Maia e Rita Lee”. 
“Pedir ao Beto um novo sol de primavera, Ver o Toquinho retocando a aquarela, Ouvir o Milton lá no clube da esquina, Cantando ao lado da rainha Elis Regina”. 

Todos queremos e os autores também: “Quero sem lenço e documento  o Caetano,  O Djavan mostrando a cor do oceano. Vou caminhando e cantando com o Vandré , E a outra vida, Gonzaguinha, o que é?”. 

Antes de finalizar, Julinho e Gutemberg pedem atenção: minha, sua, nossa. 

“Atenção DJ faça a sua parte, Não copie os outros, seja mais smart. Na rádio ou na pista mude a sequência, Mexa com as pessoas e com a consciência”. 

E a  última estrofe fecha a música com chave de ouro. 

“Se você não toca letra inteligente, Fica dominada, limitada a mente. Faça refletir DJ, não se esqueça, mexa o popozão, mas também a cabeça”. 

É assim como boa parte das músicas atuais me parecem hoje. E você, o que pensa sobre a qualidade das nossas músicas atuas?
_________________________________________________
Artigo veiculado na Rádio Som Maior FM no dia 25/05/2012 e no Jornal A Tribuna no dia 26/05/2012.
Voltar para Café com Mistura

5 Comentários para "MPB"

  • Jô Lopes - 10/06/2012

    Boa noite,Beto !

    Penso que á música faz a gente sonhar, sentir e lembrar momentos relacionados a uma época.Assim, será que as músicas atuais irão deixar lembranças com os mesmos significados das de outras épocas passadas?

  • Tiago Duminelli - 29/05/2012

    Boa noite, concerteza o que se ve hoje entre as musicas mais tocadas nao é algo de qualidade vixxiii ta muito longe disso como diz meu amigo ai em cima ´´IS MY LOVE SI BOTA TEU AMOR NA VITRINI ELE NEM VALI 1,99´´ meuuu deuss fujaaaaaa, mais aii vem faustao, luciano huck e muitos outros e estampam isso para o publico, eu sou apaixonado por musica eletronica mais musica eletronica de verdade, a musica que tem a essencia a musica que te leva a paz de espirito e concordo plenamente com a frase da musica , “Atenção DJ faça a sua parte, Não copie os outros, seja mais smart. Na rádio ou na pista mude a sequência, Mexa com as pessoas e com a consciência”. A musica tem que ir alem tem que ser inteligente, autentica. É mass alguns jovens de hoje mal sabem o que é musica de qualidade. E tambem cito aqui que amo rock e por sinal qunado falo da banda uqe mais gosto Charlie Brown Jr. as pessoas falam a banda de louco coisa e tal, um dia parem e escutem o cd camisa 10 joga bola até na chuva e prestem muita atençao nas letras e as interpretem, ai sim voces realmente conheceram o verdadeiro conteudo desta banda, familia, positiva de paz, amor, uniao e respeito.

    ...E se disserem pra você que você não vai conseguir
    Deixa falar, deixa falar, deixa sorrir
    Já disseram isso pra mim e hoje eu tô com o microfone
    A vida dá o caminho pro sujeito homem...

  • Celia Costa Ferreira - 27/05/2012

    Depois de ouvir o seu artigo e conferir as pérolas musicais citadas, pouco tenho a dizer, senão que estes compositores tiverem o privilégio de dizer de forma poética o que gostaríamos. Agora, recolho-me ao meu Lugar e peço "a minha casa no campo", para ouvir este repertório, acompanhado apenas pelo gorjeio dos pássaros e relembrar aquele tempo tão bom!

  • jorge - 26/05/2012

    Muito legal,à cada nome citado e uma musica relembrada,vem na lembrança um show,uma festa de roupa nova e muita cuba libre,bateu a saudade,ainda bem que nossos heróis continuam fazendo sucesso e nos presenteando com grandes shows....Agora vejam qual é o sucesso do momento....IS MAY LOVE SI BOTA TEU AMOR NA VITRINI ELE NEM VALI 1,99...a diferença entre as musicas de nossos heróis é que são eternas e essas são tão descartaveis quanto os cds piratas.

  • Fernanda Mesquita - 25/05/2012

    Mais uma vez, estava chegando em casa quando ouço no som do carro o seu artigo, fui obrigada a estacionar, mas nao sai de dentro até ouvisse todo o artigo. Cheguei em casa e me senti obrigada a ler mais uma vez.Muito verdadeiro, muito bom de fato! Tenho 21 anos, a minha geração nao esta ou culturalmente acostumada, foi e esta sendo, "mal educada " quanto as musicas, eu adoro e a principio passei a escutar mais MPB, porinfluencia dos meus pais que também gostam, mas sinto falta delas (musicas com conteúdo ) ao acesso da juventude que hj e totalmente voltada para o que e efêmero, lamentavelmente! Adorei o artigo de hoje.

Deixe um comentário

Anjo Tintas e Solventes

Beto Colombo ©. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento Burn web.studio
Carregando Dados...