Ir direto para o Conteúdo

Beto Colombo

Artigos

Parceiros e Concorrentes

Deixe um comentário
Parceiros e Concorrentes

Queridos leitores e queridas leitoras, que vocês estejam bem. Hoje vamos refletir sobre a parceria entre concorrentes. 

Antes de tudo e de mais nada, quero esclarecer que, para mim, o conceito de concorrente nada mais é do que aquele que “concorre com”. E concorrer com significa estar ao lado, como corredores numa raia de atletismo. Continuando com a metáfora do concorrente e do corredor, lembro que cada um tem sua raia, tem o espaço livre. Que o clima, a temperatura, a distância é igual para todos os competidores e que não há privilégio para ninguém, uma das únicas diferenças nesta competição vem antes dela ocorrer, que é justamente a preparação. 

Esclarecido isso, vamos para o que encaro como parceiro. Aqui, o próprio nome já diz: par, duas pessoas ou organizações, acrescido para palavra “ser”: parceiros. Parceiro é ser junto, é se juntar para uma ação conjunta (com-junta). No dizer de Beto Guedes na inigualável canção intitulada Sol de Primavera, “um mais um é sempre mais que dois”. 

Então, esclarecido parceiros e concorrentes, podemos dar prosseguimento ao tema deste artigo. É possível concorrentes serem parceiros? O que você pensa? É possível um corredor de revezamento de 4x100 ser parceiro de seu concorrente, aquele que corre na raia ao lado? Pensando deste ponto de vista, de competição cega, penso que é difícil a parceria, mas se sairmos deste paradigma de que tem que matar o outro para sobreviver, talvez seja possível. Totalmente possível. 

Exemplos não nos faltam. Trago a emblemática união dos supermercadistas para vender os biscoitos e massas que, em troca, repassariam parte do lucro para o bairro da Juventude, uma ONG exemplar de Criciúma com seus 53 anos de fundação. Outro exemplo? O de duas empresas que compraram um avião em conjunto e o administram de forma mais econômica. Tem também o das empresas que dividem laboratório de certificação na China, justamente para certificar os produtos que deixam aquele país antes de serem embarcados. E o das empresas que importam vinhos conjuntamente, tendo o cuidado de comprarem rótulos diferentes. E até as rádios Som Maior e a Difusora no Futebol em Dobro. 

No mundo dos negócios há sempre questões a serem debatidas, resolvidas e encaminhadas. Com a concorrência indo a patamares inimagináveis e os custos a números estratosféricos, talvez uma sábia decisão seja a de seguir o exemplo da natureza, onde o remédio para veneno está no próprio veneno. Onde a solução para viabilizar a concorrência é a parceria com ela. 

É claro que para este tipo de contrato é necessário um grau de desenvolvimento e de esclarecimento apurado dos empreendedores. E que isso leve, fundamentalmente, para uma prática ética. Também eles devem ter claro que a luta mercadológica deve se dar de forma igualitária, não de buscar o menor preço para ganhar a venda. O escopo competitivo aqui passa a ser outro. 

É assim como o mundo me parece hoje. E você, o que pensa sobre parcerias entre concorrentes?
_________________________________________________
Artigo veiculado na Rádio Som Maior FM no dia 12/06/2 e no Jornal A Tribuna no dia 13/06/2012.

Voltar para Café com Mistura

1 Comentários para "Parceiros e Concorrentes"

  • RAFAEL NUNES - 12/06/2012

    Bom dia Beto!!!!!
    Em relação ao título parceria e concorrência, me parece ser uma boa opção para as empresas manterem as suas fatias, entretanto, como fica a "concorrência desleal" em relação ao ponto de vista jurídico?

Deixe um comentário

Anjo Tintas e Solventes

Beto Colombo ©. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento Burn web.studio
Carregando Dados...