Ir direto para o Conteúdo

Beto Colombo

Artigos

Posicionar-se

Deixe um comentário

Ouça o audio deste artigo

Posicionar-se

Querido leitor, que você esteja bem! Vamos refletir em nosso artigo de hoje sobre posicionar-se, ou seja, saber e querer dizer “não”.

Para se dizer um não, é necessário, antes de tudo e de mais nada, razão equilibrada, ou seja, não ser dominado só pela emoção. Ela, a emoção, é importante, mas é necessário um equilíbrio com a razão, sob pena de você ver seu filho menor atravessar a rua, brincar com uma faca afiada ou até mesmo colocar o dedo na tomada e não dizer nada.

“Não” é posicionamento, autoestima, amor próprio. Como vendedor que sou, vou visitar os clientes tendo claro que já tenho um “não”, mas que a excitação aumenta no jogo da busca do “sim”. É o “sim” que me move, mas para isso, o “não” não pode me paralisar.

Há tempo reflito sobre o “não”, mas nessas férias me lembrei de mais uma possibilidade, que é de aprender. Uma pessoa que sempre diz sim, mesmo que tenha clareza que “não” sabe, com medo de parecer ridícula, não vai aprender, crescer, ser melhor. Quando eu digo “não sei”, já estou abrindo a possibilidade de algo novo entrar em minha vida. Portanto, “não” é um aprendizado.

Por isso, que o teu “sim” seja um sim quando sabes, conheces, desejas, enfim; e que o teu “não” seja um “não”, quando não sabes, não conheces, não desejas. E de “nãos” e “sins” vamos construindo nossas existências a cada dia, a cada momento, a cada instante... A cada “não” e a cada “sim”.

Isso é assim para mim hoje. E como é para você?
______________________________________________________
Artigo veiculado na Rádio Som Maior FM no dia 22/02/2013.

Voltar para Café com Mistura

4 Comentários para "Posicionar-se"

  • tiago duminelli - 22/02/2013

    Parabens otima reflexão sobre a transparencia de nossas atitudes.

    Querer conhecimento, e nunca deixar de aprender o novo, é assim para mim.

  • Emerson Ruzza Geremias - 22/02/2013

    Beto, muito bom seu novo texto. Como comprador há quase 18 anos aprendo a cada dia o valor do sim e do não. na busca por melhores negociações o não, por vezes, é muito poderoso.
    Sou seu fã!
    Abraço forte.
    Emerson

  • Alexandre Cabreira - 22/02/2013

    Ótimo artigo. E aproveito para lembrar de outro tipo de 'posicionamento' : a maneira de nos posicionarmos na sociedade, qual a marca, lembrança, sobre nós que queremos deixar na cabeça do interlocutor? Enfim, que 'produto' somos nós? Se estivermos numa prateleira, numa vitrine, teríamos qualidades suficiente para sermos 'adquiridos'? Penso muito sobre isso e o tempo todo procuro me 'posicionar' balizado pelos valores que acredito. É muito, muito difícil, mas penso é o caminho. Abraço, Alexandre Cabreira

  • Ivanete March - 22/02/2013

    Muito importante esta busca e aprendizado!! Em meio a confusões, indecisões que em muito geram nosso cotidiano, e por mais que nos norteiam freneticamente....busquemos pois a "graduação do saber: sim! E do saber: não!" Nesta forma fica mais fácil de se dizer, porque temos realmente certeza "ou quase" do que dizemos.
    Embora nem sempre o "não", possa ser considerado o "não" obviamente dito. E vice-versa. Muitas situações são assim. E essa é a fantástica busca.....idealizados nos "sins" que queremos, entendendo os "nãos" que obitivemos.
    Entendo que as certezas são importantes, não tenha dúvida, mas como libriana que sou......vejo os "dois lados" na dúvida...rss....a possibilidade ou não de retornar e vender este ou aquele produto, de uma outra forma, é considerável...não sou uma pessoa que me "acerto" muito com as certezas...admiro quem as tem...É certo que há casos em que o NÃO deve ser expressamente dito.
    Um grande abraço Beto
    Iva

Deixe um comentário

Anjo Tintas e Solventes

Beto Colombo ©. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento Burn web.studio
Carregando Dados...