Ir direto para o Conteúdo

Beto Colombo

Artigos

Questão de Perspectiva

Deixe um comentário

Ouça o audio deste artigo

Questão de Perspectiva

Querido leitor, paz! Recebi um e-mail recentemente que li, reli e agora apresento ao meu atento leitor. Minha filosofia é não rejeitar nada e nem me apegar a nada, ou seja, às vezes recebo e-mails que não tem nada a ver comigo e por isso não tem valor. Diferente deste que repasso a você.

Dizia a mensagem que um homem trabalhava como agricultor de sol a sol, plantava batatas. Era verão e o sol estava escaldante. Em dado momento, já cansado, limpou o suor com a manga da camisa suja de terra e começou a lamentar consigo mesmo:

- Que vida dura essa! Batalhando aqui o dia todo, suportando o sol, muitas vezes a chuva, as variações do clima, para ganhar uma miséria.

Maneou a cabeça para o lado quando viu um ônibus. Não deixou de pensar:

- Vida boa é a de motorista de ônibus, trabalha sentado, à sombra, viajando e conhecendo diferentes cidades. É uma vida bem dinâmica e nada chata.

Ato contínuo ao pensamento do agricultor que cultivava batatas, o motorista do ônibus pensou tristemente atrás do volante, enquanto uma família descia:

- Vida sacrificada! Há quantos anos vivo de lá para cá, de cá para lá, sem parada, suportando a chatice de passageiros problemáticos! Vou para muitas cidades e não conheço nada delas.

Assim como o agricultor, também maneou a cabeça para o lado distraidamente e olhou pela janela do ônibus. Foi quando viu um carro grande, uma caminhonete dessas novas e modernas, caríssima, e pensou:

- Vida boa é como a desse empresário que vai ali nessa BMW.

Naquele momento, o homem de negócios estava em seu automóvel e pensando:

- Que vida estafante! Trabalho 14 horas por dia, corro sem parar administrando interesses da empresa, da família, dos empregados e ainda sou tido como ambicioso, insensível! O empresário, assim como o agricultor e o motorista de ônibus, também maneou a cabeça para o lado e, através da janela,  viu um avião jato riscando o céu. Não deu outra e ponderou:

- Vida boa é como a do piloto desse avião, voando lá no silêncio das alturas. Vendo e curtindo tudo de cima sem se preocupar e ainda ganha bem.

Exatamente nessa hora, o piloto do jato, em sua cabine, divagava.

- Não aguento mais esta vida! Voando sempre de um lado para outro, em meio a esta parafernália de instrumentos, sujeito a horários, sem liberdade para dispor do tempo desejável em cada cidade!

Dirigiu o olhar para baixo, meditativo, e viu um homenzinho lá embaixo de enxada nas mãos preparando um terreno para plantar. Conseguiu ver que eram batatas. E afirmou convicto:

- Vida boa é a daquele lavrador lá embaixo, eu o invejo!

Essa estória me tocou muito, e a você?

Beto Colombo

Voltar para Café com Mistura

1 Comentários para "Questão de Perspectiva"

  • Jô Lopes - 27/11/2013

    Boa tarde Beto,querido!
    Me tocou também,por compreender como somos levados a interpretar a vida dos outros apenas pelas circunstâncias que estes estão vivenciando.Abraços Jô

Deixe um comentário

Anjo Tintas e Solventes

Beto Colombo ©. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento Burn web.studio
Carregando Dados...