Ir direto para o Conteúdo

Beto Colombo

Artigos

Rendi-me às Redes Sociais

Deixe um comentário
Querido leitor, que você esteja bem. Considero-me uma pessoa arejada e aberta às inovações e as novas tecnologias. Boa parte da minha história como empreendedor se deve a esta minha postura de conhecer, saber e vivenciar uma ideia que cada vez pratico mais: o novo vem com o novo.

Às vezes até digo que o novo vem com o mais novo. Você que é empreendedor, como eu, sabe que é prudente sempre estarmos abertos para o novo e depois disso para o mais novo e assim sucessivamente. 

Há muito tempo descobri que ter uma mente arejada e aberta é que faz a gente ir além, transcender, ultrapassar barreiras e caminhar adiante dos muros. Por isso, quero dizer a você que mais uma vez tive que me curvar às tecnologias e entrar, de vez, nas redes sociais.

Eu já tinha um site que provavelmente você conhece:
www.betocolombo.com.br. Aqui, muitos estão acessando para ler e ouvir os artigos e até deixando comentários. Também usava e-mail, internet no celular, enfim, dentro da média, estava nela. Mas agora me vi sugestionado a entrar mais neste saco sem fundo da internet, como disse, rendi-me às redes sociais.

Agora também tenho meu Facebook.

Depois de muito me esquivar, chegou o momento de me expor mais ainda. O Facebook é um instrumento onde divulgo minhas ideias, encontro pessoas diferentes e até conhecidas. De certa forma, é um espaço democrático para quem tem acesso a computador.

Relutei muito, mas não tive saída. Fui guindado a entrar mais ainda na internet, rendi-me de vez, as redes sociais. Por mim, sinceramente, até não entraria, mas mais uma vez tenho a experiência de que algumas vezes fazemos coisas que não são muito do nosso agrado. Este é um exemplo.

Claro, se esta atitude realmente me aviltasse, se me sentisse pressionado, é claro que não faria. Mas é algo que vai exigir mais de mim, mais tempo, mais dedicação, mais atenção. E isso eu estou disposto. Sei que é importante e que faz parte deste jogo existencial para quem quer se manter conectado com pessoas, com empresas, com ideias inovadoras.

Entrei no Facebook recentemente e sei que num futuro breve haverá outro, e outro e assim continuaremos neste saco se fundo. É claro que cada um dá um limite, um fim neste túnel que não te fim.

Como gosto de escrever e compartilhar meus textos com as pessoas, as redes sociais são um meio interessante para isso. Assim, posso postar os textos e até os áudios em forma de podcast. Aqui, no podcast, as pessoas podem baixar os áudios e ouvi-los no momento que melhor lhes convier: no carro, na caminhada, antes de deitar, enfim, uma comodidade que só é possível via redes sociais.

Rendi-me às redes sociais porque não queria nadar contra a maré, não queria remar contra o fluxo natural da vida, pelo menos pra mim e neste momento da minha existência. Rendi-me às redes sociais justamente porque não queria escrever e falar no deserto. Por que fazer isso se existe um mundo de gente nesta rede que pretendo fazê-la mais ainda rede do bem?

É assim como o mundo me parece hoje. E você, o que pensa das redes sociais?
______________________________________________________
Artigo veiculado na Rádio Som Maior Premium no dia 06/10/2011 e publicado no Jornal A Tribuna no dia 07/10/2011
Voltar para Café com Mistura

1 Comentários para "Rendi-me às Redes Sociais"

  • Valter Dagostin Junior - 07/10/2011

    Bom Dia Beto,
    Ao escutar esta frase abaixo,
    "Rendi-me às redes sociais justamente porque não queria escrever e falar no deserto." fiquei me indagando será que o Beto não sabe que centenas de pessoas estão o ovindo? quero lhe diser que escuto todas as manhã e gosto do que ouço.

    Obrigado por fazer parte de meu crecimento pessoal


    Valter Dagostin Junior

Deixe um comentário

Anjo Tintas e Solventes

Beto Colombo ©. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento Burn web.studio
Carregando Dados...