Ir direto para o Conteúdo

Beto Colombo

Artigos

Somos o que Comemos?

Deixe um comentário
Somos o que Comemos?

Querido leitor, que você esteja bem. Nós somos o que comemos?

Na semana passada, ouvi um comentário de um colega na Rádio Som Maior, de Criciúma, afirmando categoricamente que nós somos o que comemos. Aquela afirmação me alcançou como uma flecha que ainda me cutuca até hoje. Será que somos mesmo o que comemos?

Para mim, um dos homens mais sábios de todos os tempos foi o grego Aristóteles, ao que Dante Alighieri, poeta italiano, referia-se como o "Mestre dos que sabem". Dentre tantas, a questão-chave da qual partiu Aristóteles, nesse caso, foi: O que são os objetos neste mundo? O que é ser? Sua primeira conclusão foi que as coisas não são apenas a matéria de que se constituem materialmente.

Tentando explicar melhor. Se um construtor que você contratou para fazer sua casa descarregasse em seu terreno tijolos, madeira, azulejos, e dissesse "pronto aqui está sua casa", você concordaria com isso? Ali estaria uma pilha de materiais, mas para ser uma casa, tudo precisaria estar reunido, com uma estrutura específica e detalhada, e em virtude dessa estrutura é que seria uma casa. Pois a casa pode ser feita de vários outros materiais como concreto, vidro, metal, dentre tantos outros.

O exemplo mais notável de Aristóteles para isso são os seres humanos, a matéria que consiste seu corpo muda a cada dia, ao cabo de alguns anos. Mas ao longo de sua vida continua a ser a mesma pessoa, continua a ser um ser humano, uma pessoa.

Pegaremos o próprio Aristóteles, por exemplo. Não se pode argumentar que ele é a matéria de que seu corpo consiste. Estendendo esse argumento, as espécies inteiras não chamamos de cão, todos os diferentes tipos de cães porque são feitos de algum material distintivo, mas sim porque em virtude de uma organização e uma estrutura distinta que eles compartilham, e que os diferencia de outros animas, também feitos de carne, sangue e ossos.

Muitos filósofos já dissertaram sobre esse assunto. Há os que dizem que somos "pensamentos", há os que dizem que somos "matéria", apenas matéria. Há os que dizem que somos cópia perfeita de uma outra dimensão, há os que dizem que somos "seres espirituais vivendo uma experiência humana", há os que dizem que somos "energia condensada”, há os que dizem que somos uma sombra entre o animal e o super-homem. Também há os que garantem que somos a imagem e semelhança de Deus, que dizem que somos filhos de Deus. Afinal, o que somos nós?

Ainda em Aristóteles, o mestre dos que sabem, “nós não somos aquilo que pensamos, que sentimos, que falamos, enfim, nós somos, claro, o que pensamos, o que sentimos, o que falamos também, mas não só. Nós somos fundamentalmente o que fazemos. Contudo, pondera Guerdjef, como nós não nos observamos tanto, nós pensamos que somos só aquilo que pensamos, que sentimos, que falamos, que comemos.

Talvez sejamos isso, talvez não sejamos nada disso, ou até parte disso. Mas provavelmente eu sou, em parte, aquilo que me alimento, mas também sou mais que isso.

É assim como o mundo me parece hoje. E você, do que é composto?

_________________________________________________
Artigo veiculado na Rádio Som Maior FM no dia 13/09/2012 e no Jornal A Tribuna no dia 14/09/2012.

Voltar para Café com Mistura

Deixe um comentário

Anjo Tintas e Solventes

Beto Colombo ©. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento Burn web.studio
Carregando Dados...