Ir direto para o Conteúdo

Beto Colombo

Artigos

Stress Digital

Deixe um comentário
Stress Digital

Costumo dizer que o stress se manifesta geralmente nas pessoas indecisas. Claro que minha afirmação não é científica, é mais empírica do que outra coisa, porém, sempre me estresso mais quando não consigo decidir ou a decisão não depende de mim ou só de mim. Lembrando que é assim para mim, eu funciono assim.

Mas não é só por isso que às vezes me estresso. Tem outra modalidade que vem assolando a todos, ou quase todos, que é o stress digital, que vem por intermédio da armadilha da digitalização.

Veja você que o ser humano inventou o telefone fixo, o telefone celular, o computador, os notebooks, a internet, o iPod, e com a internet veio junto uma infinidade de programas e facilidades eletrônicas. Tudo isso foi nos dito que era para termos mais tempo para descansar, filosofar com amigos, curtir a família, pescar, ler livros, assistir filmes, isto é, levar uma vida mais leve. Mas é isso que está acontecendo conosco? Parece que não, acabamos vítimas das algemas destas inovações digitais.

Esses equipamentos, criados para agilizar nosso trabalho, acabaram permitindo que sejamos localizados e sufocados quase 24 horas por dia pelo colega, pelo “patrão”, pelos clientes, e esses estão ficando cada dia mais exigentes. Ou, o inverso disso, que localizemos e sufoquemos outros profissionais.

Parece-me que estamos presos pela rede digital, cuja prisão nós mesmos criamos e permitimos que fosse usada. Tornamo-nos escravos digitais e essa é, para mim, uma das principais razões por que o mundo vive tão estressado.

Quem de vocês não recebeu uma ligação de um cliente, colega, diretor ou até parente, cobrando ou encaminhando alguns assuntos durante a noite e/ou no final de semana? E fico mais preocupado com o número de telefonemas e mensagens que nossos adolescentes enviam e recebem durante o dia, permitindo uma invasão de estranhos bate-papos em horas impróprias como na hora das refeições familiares, na praia e até durante a aula.

Meus pais não me advertiram sobre esse assunto porque não conheciam e não conhecem a era digital, mas nós precisamos sim, pensar sobre o assunto e até interferir na educação de nossas crianças ou, pelo menos, prestar atenção em nossos filhos. Se não o fizermos, poderemos ser coniventes com jovens e adultos estressados e mal-humorados de amanhã.

Gosto do mundo digital, mas tudo tem limite. Ele foi criado com o propósito de nos libertar, não para nos aprisionar.

É assim como o mundo me parece hoje. E você, o que pensa sobre stress digital?

Beto Colombo

Voltar para Café com Mistura

2 Comentários para "Stress Digital"

  • Ivanete de March - 21/11/2012

    Bom dia!!
    Incontestável artigo...muito verdadeiro!! Enquanto estamos nós mesmos "virando" máquinas eletrônicas...que ironia da tecnologia, não é mesmo? Há quem precise de fato, mas há quem se sufoca, vicia, estressa, ou seja, não vive...E, até onde essa tecnologia demasiadamente "descontrolada" vai chegar??
    Tem experiências que a virtualidade não substitui e nunca irá substituir...como sentir o vento, ver o por do sol, abraçar um amigo, visitar um parente, conhecer outros lugares, pessoas...dar visão real e não virtual. Menos estresse e mais vivência!
    Parabéns pelas informações precisas
    Abração

  • Joao Batista - 09/04/2012

    Caro Beto,

    Concordo em parte. Por outro lado, entendo que a sociedade caminha inexoravelmente para uma conexão "on line", em tempo real dos cidadões. Um mundo em que só terá a plena cidadania os conectados "full time". Todavia, penso que a sociedade, ao mesmo tempo, precisa avançar na legislação trabalhista de modo que os trabalhadores sejam remunerados também pela produção além dos parques fabris e tenham o direito de férias às conexões eletrônicas. Talvez teremos que criar áreas preservadas, pontos turísticos, isolados de "wireless", ou espaços onde será proibida a portabilidade digital. Serão tempos em que a tão sonhada férias só será possível em lugares inabitáveis, fora dos centros urbanos, fora dos alcances digitais.
    E pela velocidade tecnológica este futuro não está longe!

    Abs,

    João Batista - 09.04.2012 - Floripa

Deixe um comentário

Anjo Tintas e Solventes

Beto Colombo ©. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento Burn web.studio
Carregando Dados...