Ir direto para o Conteúdo

Beto Colombo

Artigos

Termos Equívocos

Deixe um comentário

Ouça o audio deste artigo

Termos Equívocos

Querido leitor, que você esteja bem. Hoje vamos falar sobre termo equívoco. Antes de tudo e de mais nada, vale a pena ressaltar que para a Filosofia Clínica, no tópico oito da Estrutura do Pensamento, surge o “termo equívoco”. Tentando simplificar, termo equívoco é aquele que possui mais de um sentido, podendo ser utilizado ora com um, ora com outro significado, podendo causar desde compreensões dúbias até a não compreensão. Quantos conflitos já foram causados para com aqueles que têm esse tópico como determinante na sua estrutura de pensamento...

Mas, como sabemos, muitas pessoas conseguem entender melhor com exemplos e até com metáforas. É o caso, então, de trazer para nosso artigo de hoje a figura do tropeiro, aquele homem de poucas palavras, acostumado com a lida do campo.

Mas para nossa estória ficar um pouco mais explícita com o objeto de nosso enfoque hoje, que é o “termo equívoco”, além do tropeiro, trazemos junto o Joãozinho. Sim, o Joãozinho. Aquele que você conhece tão bem de outras estórias, principalmente com a professora.

Voltemos ao Tropeiro e ao Joãozinho. Aquele, o tropeiro, chega à beira do rio com seu rebanho de gado e fala para o Joãozinho que está em cima da cerca:

- Preciso passar com a minha criação nesse rio, podes me responder uma questão?

Como se não bastasse uma pergunta, o tropeiro todo ansioso logo tasca outro questionamento, sem que o primeiro fosse respondido.

- Esse rio é fundo, guri?

Talo de grama no canto esquerdo da boca, chapéu na cabeça, Joãozinho responde:

- Acho que não, pois toda a criação do meu pai passa com a água no peito.

Diante da informação, o tropeiro mete o gado na água destemidamente, acompanhado pelos olhos atentos do Joãozinho. Tudo ia bem até entrar no rio, mas ao chegar no meio da água toda a tropa se afoga. Desesperado, o tropeiro encharcado e quase sem voz, ainda grita:

- O teu pai cria o quê, guri?

Pacientemente, Joãozinho tira o capim da boca, cospe no chão e responde: - Pato!

Pois é, queridos leitores, quantas vezes entramos numa fria pela equivocidade dos termos. Quantas vezes achamos que o outro entendeu e na verdade ele apenas ouviu o que queria ouvir.

Quantas vezes, enquanto pensamos que estamos escutando, na verdade estamos formulando uma resposta...

É assim como o mundo me parece hoje. E você, o que pensa sobre termo equívoco?

Beto Colombo

Voltar para Café com Mistura

1 Comentários para "Termos Equívocos"

  • Adauton luiz Deolindo - 07/08/2012

    Olha só pessoal. Acredito piamente que o maior equivoco dos dias atuais na sociedade moderna e globalizada é: Temos que pensar muito em SER e não em TER.

Deixe um comentário

Anjo Tintas e Solventes

Beto Colombo ©. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento Burn web.studio
Carregando Dados...