Ir direto para o Conteúdo

Beto Colombo

Artigos

Tornar-se Oceano

Deixe um comentário
Tornar-se Oceano

Queridos leitores, paz! Hoje nosso tema vai ser sobre tornar-se oceano.

O prêmio Nobel de Literatura, o argentino Jorge Luiz Borges, certa vez disse que “rios são caminhos que andam”. Que bonita frase... Esse rio anda destemidamente ao encontro do mar, afinal de contas, todo rio desagua no mar. Muitas vezes adoecemos quando tentamos represar.

Aproveitando a oportunidade, trago um poema de autoria desconhecida que conheço há anos e que sempre me chamou a atenção. Diz ele: Mesmo antes de um rio cair no oceano ele treme de medo. O medo, como sabemos, é uma reação natural entre os animais, inclusive nós humanos. Contudo, para mim, o que o medo não pode fazer é paralisar.

Mas retornemos ao poema: Antes de se juntar ao mar, o rio olha para trás, para toda a jornada, os cumes, as montanhas, o longo caminho sinuoso através das florestas, através dos povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto que entrar nele nada mais é do que desaparecer para sempre.

O rio olha aquela imensidão e conclui que vai sumir, vai desaparecer, vai deixar de ser rio, água doce ou até salobra para ser água salgada de mar. Mas não há outra maneira. O rio não pode voltar. Você já encontrou algum rio tentando se grudar às margens antes de se juntar ao mar?

Ninguém pode voltar, diz o poema, que continua: Voltar é impossível na existência. Você pode apenas ir em frente. Ou seja, a gente só vai.

Este belo poema continua nos ensinando. O rio precisa se arriscar e entrar no oceano. E somente quando ele entra no oceano é que o medo desaparece. Por que será que isso ocorre? O rio perde o medo quando entra no oceano justamente porque vai saber, então, que não se trata de desaparecer no oceano, mas tornar-se oceano.

Se por um lado é desaparecimento, por outro lado é renascimento. Assim, talvez, somos nós. Em muitas ocasiões, só podemos ir em frente e arriscar.

Somos ondas a procura de mar.

Coragem! Avancemos firmes e tornamo-nos Oceano!

É assim como o mundo me parece hoje. E você, como vivencia o “tornar-se” oceano?


Beto Colombo

Voltar para Café com Mistura

3 Comentários para "Tornar-se Oceano"

  • ADEMIR GIASSI - 05/11/2012

    A vida so tem uma direção e é seguir em frente e
    para aprender-mos algo, precisamos se lançar na
    incertesa, pois sem se arriscar, nao chegaremos à lugar algum. Precisamos ser cautelosos, pois cada
    passo dado, refletirá no nosso futuro.

  • walmir - 03/11/2012

    Antes mesmo de se tornar oceano o rio passa ainda pelo estuário, fase onde se confunde a agua salgada com a doce,perdendo sua composição original,mas...."Se o grão de trigo que cai na terra não morre, ele fica só. Mas, se morre, produz muito fruto.

  • jorge - 01/11/2012

    Sempre juntos no mesmo curso em direção ao oceano,e não podemos deixar a agua empoçar porque éla vai estagnar.

Deixe um comentário

Anjo Tintas e Solventes

Beto Colombo ©. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento Burn web.studio
Carregando Dados...