Ir direto para o Conteúdo

Beto Colombo

Artigos

Vento Contra

Deixe um comentário
Vento Contra

Queridos leitores, paz! Hoje vamos refletir sobre uma situação corriqueira em nossos dias, mas, de certa forma, para muita gente, ainda difícil de administrar. Falo das críticas, das ponderações, dos comentários, enfim, metaforizando, falo do “vento contra”.

Para o professor John Neal, “uma certa medida de oposição pode ser benéfica. Afinal, pipas sobem contra e não a favor do vento.” O que ele provavelmente queria dizer com esta frase é o que o Tao já nos traz, que é o positivo e o negativo, o Ing e Yang, ou seja, muitas vezes, a resposta está na pergunta e a contradição é uma forma de união.

Esta frase nos remete aos trevos da BR-101, onde, ao sairmos de uma cidade e irmos para o sul, temos que fazer o contorno, nos dirigirmos momentaneamente para a direção Norte e só depois nos posicionarmos para o sul. Avançar, às vezes, é regredir. E isso a história nos traz com detalhes, como o exército napoleônico que, ao entrar na Rússia gélida, não encontrava resistência. Com isso, foi país adentro e, quando percebeu, seu exército estava morrendo congelado.

Trago agora o rabino gaúcho Nilton Bonder. Ele também tem uma frase bem interessante que pincei de um de seus muitos livros. Diz ele que “todas as áreas onde queremos crescer e progredir devem possuir algum vento contra”. Este vento contra, provavelmente devem ser o “cri-cris”, os chatos, os legalistas, enfim, aquela pessoa que muitas vezes age em dissintonia dos demais.

Nilton Bonder explica seu posicionamento explicando que “quantas empresas e organizações mantém a peso de ouro pessoas que sabem se contrapor à unanimidade?”. Afirmando isso, ele sugere que estas pessoas são muito importantes nas relações humanas, principalmente nas organizações. Vai que esta voz em dissintonia é a única que está certa?

Lúcido, o intelectual ainda pondera que “precisamos criar uma cultura em que fomentemos e dependamos de oposições”. Claro que para tanto, também é necessário um tipo de ser humano mais desenvolvido, mais esclarecido, trabalhadores que não levam o debate para questões pessoais e sim profissionais. Ou seja, que sejam adultos, não bebezões.

Nilton Bonder sugere que “sempre que alguém discordar de você, ao invés de se sentir confrontado, perceba a incrível oportunidade de ouvir uma voz discordante. E finaliza: “Quantas pipas não estariam hoje voando se tivessem um pouco de vento contra?”

É assim como o rabino Nilton Bonder vê alguns confrontos nas organizações. E você, o que pensa sobre isso?

Beto Colombo

Voltar para Café com Mistura

3 Comentários para "Vento Contra"

  • Jô Lopes - 25/06/2014

    Bom dia Beto, querido!
    Que interessante tema reflexivo,para buscarmos aproximação da auto-percepção.Quando existir uma oportunidade em que notarmos se somos omissos em revelar o que temos como certo ou errado, as vezes confrontamos com as outras opiniões,mas necessitamos usar palavras com respeito,também pela opinião dos outros.Penso eu, que assim podemos colaborar com a dinâmica dos conhecimentos interpessoais e sociais...

  • Betinho Gaúcho - 11/11/2012

    Prezado Beto,
    Neste bom e oportuno tema( como tantos outros que trazes à baila), acabei por me identificar!!!! Há muito já ganhei o epíteto de 'betinho-passo-certo', pelos colegas e familiares. Aqui no teu site eu fico me policiando para conter o ímpeto de tecer comentários dissonantes. Às vezes, como já percebeste, caio em tentação!!! Talvez eu tenha incorporado com muita 'voglia' o que dizia Júlio Cortázar: "Yo parezco haber nacido para no aceptar las cosas tal como me son dadas"...
    A partir da leitura do vento contra, estou mais tranquilo e me sinto até mais 'valorizado', tchê!!!
    Abraços do
    Betinho Gaúcho.

  • tiago duminelli - 06/11/2012

    contra tempos, confrontos são sempre bons na minha opnião pois desta maneira -´´perceba a incrível oportunidade de ouvir uma voz discordante´´, e mais aprenda e se for preciso mude para fazer o certo e decolar.

    Uma otima noite.

Deixe um comentário

Anjo Tintas e Solventes

Beto Colombo ©. Todos os direitos reservados

Desenvolvimento Burn web.studio
Carregando Dados...